O que é Transtorno Bipolar do Humor

Todas as pessoas têm sentimentos de alegria e tristeza de vez em quando. Porém, depressão e euforia extrema (mania) não são sentimentos normais, são os extremos destes sentimentos.

Para alguém com TBH, estes sentimentos extremos podem ser demais para serem enfrentados. Eles podem interferir na vida cotidiana e algumas vezes, podem até ser perigosos. Em um dia a pessoa pode sentir-se tão deprimido que não consegue nem sair da cama e trabalhar pode parecer impossível.

Em outro dia ela pode sentir-se o máximo e cheia de uma energia e criatividade inesgotáveis. Ela acha que poderia fazer qualquer coisa que quisesse. Mas outras pessoas teriam opinião que o que ela está fazendo é perigoso, exagerado e fora de controle. A bipolaridade é uma doença grave.

Os portadores têm graves oscilações humor. Seus humores podem oscilar de muito baixo (depressão) a muito alto (mania). O bipolar pode tomar atitudes absurdas e extremas e achar que são completamente normais.

Como é confundido com outros tipos de depressão, muitas vezes o seu diagnóstico é difícil, principalmente em virtude do preconceito do próprio paciente em relação à psiquiatria. Isto faz com que o portador passe por vários profissionais que não são familiarizados com as doenças emocionais e fique recebendo diagnósticos equivocados durante muitas vezes, a vida inteira piorando assim o problema.

O TBH é um transtorno que ainda não tem cura conhecida, mas hoje existem muitos tratamentos e profissionais especializados que fazem com que a vida de um portador de bipolaridade seja completamente normal, desde que ele siga à risca o seu tratamento e não deixe de lado a psicoterapia, pois os dois são de igual importância na vida do paciente, da mesma maneira que a insulina o é para um diabético.

Hoje um bipolar não se sente mais sozinho, pois tem inclusive a ABRATA (Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos) que foi criada justamente para dar apoio e orientação para nós portadores, parentes e amigos

Tipos de episódios de humor

Existem 4 tipos principais de episódios de humor que as pessoas com TBH podem ter:

  • Depressão – Depressão é quando as pessoas com bipolaridade sentem-se muito triste. Às vezes, isso pode ocorrer por um longo período de tempo. Podem sequer querer sair da cama, tomar banho ou comer. Não sentem prazer nas coisas que costumavam fazer normalmente.
  •  Mania – A mania é o outro lado do Transtorno Bipolar. A mania pode começar como uma boa sensação, quase como um “momento alegre”. Às vezes ele pode fazer a pessoa se sentir muito irritada e zangada. Pessoas em episódios de mania podem fazer coisas muito arriscadas para elas ou para os outros ao seu redor.
  • Hipomania – Hipomania é uma forma moderada de mania. Ele pode fazer as pessoas se sentirem bem. Podem pensar que fazem as coisas melhor que as outras pessoas. Mas a “boa” fase pode mudar de hipomania para depressão rapidamente. A hipomania é diferente da mania, porque ela não interfere muito em coisas como trabalho ou relacionamento com a família. Por vezes não é sequer notado como um problema.
  • Estado misto de humor – É quando sentimentos de mania e depressão de intercalam rapidamente, às vezes por vários momentos até no mesmo dia. Este episódio é muito perigoso, pois o bipolar saindo de um estado depressivo e ainda com a sensação da depressão pode ao entrar no estado maníaco agir impulsivamente e cometer suicídio.

Milhões de pessoas no mundo sofrem de Transtorno Bipolar do Humor, elas costumavam ser chamadas de maníacas depressivas e até alguns anos atrás eram tratadas somente através de internações. Hoje esta realidade mudou, o tratamento é ambulatorial e somente em casos extremos a internação é necessária (Nestes casos, quando o paciente não está sob tratamento ou quando está e não o segue).
Para uma pessoa com Transtorno Bipolar do Humor, a vida pode ser como uma montanha russa emocional. Um dia seu humor está baixo e ele se sente triste, mas não triste no sentido normal da tristeza comum. Ele fica deprimido, realmente parece que seu sofrimento não terá fim.

Então, seu humor começa realmente a subir e aumentar e ele se sente o máximo, com ideias maravilhosas, capaz de resolver qualquer problema do mundo. De repente, do nada, novamente a tristeza volta. Pois é nossa vida não é fácil e matérias sensacionalistas que rotulam a bipolaridade como “doença da moda” dificultam mais ainda a compreensão dos amigos e parentes, minimizando o que sentimos. A boa notícia é que há ajuda e tratamento para esses extremos humor. Com o tratamento adequado, as pessoas com TBH podem levar uma vida normal.